Autor: Tatiana

Amores contemporâneos (não recomendado para menores de 18 anos)

Eu recebi um vídeo num dos inúmeros grupos de whatsapp que existem no meu celular que me fez refletir sobre os amores contemporâneos. Era um vídeo erótico, pornô. No vídeo aparece um casal. Um homem careca com cavanhaque cheio de tatuagens e bem musculoso. Uma mulher morena bem exuberante com peitões e cabelos longos. Eles começam a se beijar e a se tocar até que a mulher olha para o homem, puxa a calcinha de lado e aparece um pênis. O homem olha para o pênis “dela”, dá um sorriso e abaixa as calças. Aí aparece uma vagina com...

Read More

Hector e a busca pela felicidade

Tudo começou porque apareceu um post no meu Facebook sobre a lista dos dez filmes mais felizes do Netflix e nessa lista estava o filme “Hector e a busca pela felicidade”. Eu não concordei com a lista, mas meu TOC foi ativado e, como sempre, passou a ser uma questão de vida ou morte ver todos os filmes da lista. O primeiro filme da lista era “Hector e a busca pela felicidade” e embora ele não tenha me conquistado de primeira eu decidi assisti-lo porque quis começar do número um da lista. O filme é sobre um psiquiatra que...

Read More

Precisamos falar sobre a vigilância sanitária

Eu fiquei pensando se ia fazer algum post sobre isso, mas em virtude da minha própria experiência na Vila dos Atletas nas Olimpíadas e Paralimpíadas eu resolvi me manifestar porque acho que precisamos falar sobre a vigilância sanitária. Há poucos dias li em várias mídias sociais e no jornal online sobre a polêmica que aconteceu no Rock in Rio quando kilos de alimentos foram descartados pela vigilância sanitária no estande da Roberta Sudbrack. De acordo com o depoimento dela a ação deles foi completamente arbitrária e não respeitou os limites da razoabilidade. Li vários posts de nutricionistas defendendo a...

Read More

Como nossos pais

Para falar do filme “Como nossos pais” não quis nem ler as críticas de cineastas e jornalistas antes. Quero falar da minha experiência pessoal e do que significou, pra mim, assistir a esse filme, principalmente porque estava sentada com a minha filha do lado. Nós duas odiamos o início, mas por bobeira, por gostarmos de um padrão de início que não foi utilizado no filme. Há muito tempo não gosto tanto de um filme brasileiro quanto gostei desse. Amei o roteiro, as cenas, as atuações, praticamente tudo. Amei o fato de não ter um monte de música de fundo...

Read More

Meus primeiros nudes 2

Ainda falando sobre os meus primeiros nudes decidi postar uma foto antiga. Porque esse mesmo corpo nu cheio de perebas e feridas é esse corpo lindo com uma pele sedosa e borboletas tatuadas nas costas dessa foto antiga. Meus primeiros nudes são esses. E essa pele, sadia ou não, deseja a mesma coisa, doente ou não. Deseja os mesmo toques, os mesmos beijos, os mesmos carinhos, o mesmo suor… Nessas horas também reflito sobre o amor. Sobre quem nos toca independente de como estamos. Quem nos quer independente do que expomos. Quem nos ama independente da nossa aparência. Psoríase, pereba,...

Read More